Ministério centraliza gestão e define políticas para o setor

Em entrevista para o Anuário 2019 do Informativo dos Portos, o sócio Vinicius Marques de Carvalho comentou a atuação do Ministério da Infraestrutura, que passou a concentrar as políticas determinadas para portos, rodovias, ferrovias e aeroportos em 2016.

“A centralização das pastas de portos e aviação, subordinadas a um único ministério, deve submeter tais setores a uma mesma política nacional de transportes, a qual, segundo declarações de membros do atual governo, deve se basear em privatizações e concessões e em tentativas de desenvolver a infraestrutura nacional de transportes, independente do modal, com base em investimento privados”, avalia Vinicius.

Confira a matéria completa a partir da página 32.