Brazil’s VMCA Advogados opens data practice

A sócia Marcela Mattiuzzo, que irá coordenar a área, disse à publicação que, com a aprovação da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) em 2018, e a perspectiva de sua entrada em vigor em 2020, entidades privadas e públicas deverão focar na adequação às novas normas durante o ano de 2019. “Esse período de adaptação é importante. O tema de dados pessoais deixa de ser uma pauta específica da economia digital e passa a se espraiar por todos os demais setores”, explica.

Na matéria, publicada originalmente no site Global Data Review, o sócio Vinicius Marques de Carvalho afirmou que a área de proteção de dados complementa e se encaixa na atuação do escritório, focada na relação entre Economia e Direito. Vinicius destacou ainda que a ampla experiência no governo de seus profissionais será uma vantagem no momento de negociar com a futura Agência Nacional de Proteção de Dados, que, segundo ele, deve funcionar de maneira similar ao Cade.

Leia a matéria completa aqui.