Brazilian prosecutor presses Facebook for data disclosure

A sócia de VMCA Marcela Mattiuzzo conversou com o site Global Data Review (GDR) sobre a avaliação do Ministério Público Federal (MPF) de que o Facebook deve fornecer dados de usuários e de comunicações na plataforma para serem usadas em investigações criminais.

Na reportagem, Marcela explicou que a empresa argumenta que, porque os dados solicitados pela Justiça brasileira estão localizados nos EUA e submetidos à legislação daquele país, necessitaria de um pedido feito por autoridades do país norte-americano para poder compartilhar os dados com autoridades brasileiras.

“It is interesting to note that a new provision in the US offers the potential to solve this problem – the CLOUD Act, which would allow the information to be shared with Brazilian authorities in a different manner”, disse a sócia de VMCA à publicação.

Leia aqui.