Sócia de VMCA conversa com a PaRR sobre o acordo Embraer-Boeing

Marcela Mattiuzzo, sócia de VMCA, conversou com a publicação internacional PaRR sobre o pedido da Associação Brasileira de Investidores (Abradin) ao Cade para a abertura de inquérito sobre o acordo Embraer-Boeing. A queixa envolve suspeita de fraude aos acionistas e do não cumprimento de condições impostas pelo Ministério da Defesa para a operação.

Na reportagem, a sócia de VMCA ressaltou que, como a operação entre as empresas não foi concluída, o Cade provavelmente analisará a queixa no âmbito da fusão, na medida em que não há uma ilicitude concreta apontada que não a própria operação.

Marcela Mattiuzzo from the VMCA law firm said that since the transaction has not been consummated, CADE cannot review it in the context of an investigation; it must review arguments against the deal in the context of the merger review. “By denition, a merger transaction that has been led [with CADE] is not an unlawful act,” Mattiuzzo said.